Descubra as principais prioridades que as empresas em crescimento devem focar na nova economia que está se formando ao redor do mundo. 

A nova economia está chegando com tudo e transformando o mercado profissional. Pequenas empresas, graças à tecnologia e flexibilidade, estão conseguindo competir com organizações já estabelecidas de igual para igual. 

E podemos ver isso no mercado de startups e fintechs, por exemplo. Novos bancos digitais estão arranhando a hegemonia e reputação das empresas bancárias tradicionais, oferecendo soluções melhores e mais acessíveis aos clientes. 

Dessa forma, é essencial que as empresas se preparem para a nova economia. Para isso, precisam adotar uma postura mais adequada ao que o mercado espera. 

Então, se você quer saber quais são os pilares desse novo mercado, não deixe de conferir o artigo especial que preparamos sobre o tema, onde abordamos os principais insights da pesquisa realizada recentemente pela Oxford Economics. 

Boa leitura!

Experiência do cliente

O primeiro pilar da nova economia é a experiência do cliente. Mesmo durante a pandemia, com empresas funcionando parcialmente ou tendo sua demanda aumentada, dar foco  verdadeiro no consumidor foi uma atitude executada pelas empresas entrevistadas. 

Isso porque o cliente, que consome cada vez mais pela internet, precisa ter uma experiência única e inesquecível. Portanto, as empresas que são “escolhidas” durante essa compra não podem perder a chance de finalizar a transação. 

Inclusive, muitas organizações em desenvolvimento disseram preferir a experiência do cliente em vez de outros temas, como lucratividade e mitigação de riscos. Ou seja, o poder de compra finalmente está cada vez mais nas mãos dos consumidores.

Experiência do colaborador

Outro movimento estratégico descoberto na pesquisa foi a experiência do colaborador, que cada vez mais importa para empresas em crescimento. E dependendo da área, principalmente os segmentos tecnológicos, vemos um movimento ainda maior para atrair e reter talentos. 

E sabe por que isso acontece? Pela escassez de bons profissionais em algumas funções. Desenvolvedores de software, por exemplo, já são muito disputados nas grandes capitais. Porém, com a nova economia e o trabalho remoto se popularizando, essa necessidade ficou ainda maior. 

Então, só resta para as companhias tratarem sua mão de obra adequadamente, pois a fuga de talentos pode colocar a continuidade do negócio sob risco. Nesse sentido, quem perceber isso antes tem grandes chances de se destacar no mercado.

Coleta e análise de dados

Apesar da frase “os dados são o novo petróleo” ter sido usada de forma exaustiva, ela continua valendo como nunca. E nos dias atuais, as empresas vão precisar focar de verdade na coleta e uso estratégico dessas informações, sob o risco de ficarem para trás da concorrência. 

E o que a pesquisa revelou é que a pandemia “escancarou” falhas na coleta de dados. Ou seja, muitas empresas em crescimento perceberam que sua capacidade de decisão foi comprometida pela falta de dados úteis. 

Assim, os sistemas modernos vão precisar contribuir para gerar dados relevantes e proporcionar insights poderosos para os profissionais decisores. E quem não se adequar a isso, possivelmente sofrerá um grande risco de não prosperar em seu segmento. 

Leia também: O protagonismo nos negócios pós pandemia

Transformação digital

O último e poderoso insight que a pesquisa da Oxford Economics revelou foi a prioridade de transformação digital nas empresas em crescimento. Com a nova economia exigindo novos modelos de trabalho, nada mais justo do que valorizar a TD nos dias atuais. 

Portanto, desde a comunicação até a evolução dos processos com apoio da Inteligência Artificial e do Machine Learning, será preciso inovar para encarar o mundo novo que está surgindo. E agora não é uma questão de luxo: a transformação digital é uma necessidade que as empresas em crescimento precisam utilizar. 

Um exemplo disso é o uso dos sistemas em nuvem para gerenciar recursos e projetos. Se não existissem, muitas organizações teriam uma imensa dificuldade para continuar suas operações durante a pandemia. Nesse sentido, não vale a pena esperar um novo problema mundial para se adaptar. 

Então, a hora de se transformar digitalmente é agora. 

Leia também:

Prepare a sua empresa para a nova economia

Como pudemos ver, toda empresa em crescimento precisa estar preparada para o mundo globalizado e acelerado que vemos atualmente. Com os desafios crescendo, é preciso ter condições de gerenciar a empresa com decisões rápidas e baseadas em dados confiáveis.

Nesse sentido, o SAP Business One é a ferramenta ideal para o gestor da nova era. Com funcionamento na nuvem e uma série de recursos modernos, o B1 é a plataforma preparada para atender às principais necessidades dos gestores.

Promova a verdadeira transformação digital na sua empresa com o SAP Business One. Fale com nossos especialistas e receba uma demonstração gratuita do sistema.

Quer baixar o estudo completo?

Baixe o material e mantenha sempre em sua lista de insights para auxiliar sua empresa em momentos de planejamento e definição de novas estratégias: Estudo Oxford Economics