A Transformação Digital é uma realidade e já está presente em nossas vidas e no dia a dia das empresas. Ou seja, a popularização da tecnologia alterou a forma como as pessoas estudam, consomem produtos e serviços, se relacionam e trabalham.

A informação em tempo real, a computação em nuvem, análise preditiva e mobilidade estão revolucionando o comportamento da sociedade e as empresas estão se transformando em negócios digitais como: Spotify, Netflix, Uber, Nubank, dentre outros.

Um Estudo do IDC mostra que 52% dos gestores das pequenas e médias empresas estão adotando tecnologia para conectar pessoas, dispositivos e fazer negócios. Portanto, a TI tem um papel fundamental no processo de transformação e deve ser encarada como uma área estratégica da empresa, e não apenas operacional. A Transformação Digital não é somente a adoção de novas tecnologias, mas principalmente o caminho para se tornar mais eficaz e competitivo, usando a nova tecnologia estrategicamente.

Um fato que se destaca na pesquisa do IDC é que, 41% dos gestores das empresas ainda gastam grande parte de seu tempo gerenciando operações diárias, sem planejar seu crescimento, um passo atrás nesta jornada da adoção e práticas digitais.

Então, por onde começar?

A PwC (PricewhaterhouseCoopers) em sua 6ª Pesquisa Anual sobre QI Digital, indica os cinco comportamentos digitais interdependentes, que fazem a diferença rumo a Transformação Digital:

1) CEO apoiando de modo ativo a Tecnologia Digital

O CEO deve ser um líder digital, incentivando e promovendo o uso da TI estrategicamente para realizar negócios, alcançando novas oportunidades e desafios. 81% das empresas de melhor desempenho, declararam que seus CEOs são ativos patrocinadores da TI.

2) Forte relacionamento entre os Diretores de TI e Marketing

70% das empresas de melhor desempenho, dizem ter este forte relacionamento. Muitas das iniciativas de tecnologia digital, tem origem nas necessidades de marketing, fazendo com que o relacionamento destas áreas seja importante e aumentas as chances para a empresa alcançar melhor desempenho.

3) Abordagem à inovação digital de fora para dentro

Acompanhar, monitorar e filtrar quais tecnologias emergentes podem ser aplicadas e alavancar seus negócios. O Facebook é um bom exemplo de tecnologia aplicada ao relacionamento com o consumidor.

4) Investimentos importantes na nova plataforma de TI

É preciso adotar uma nova abordagem de integração de Nova Plataforma Tecnológica, englobando os encargos, processos, a arquitetura, a organização e governança para que a TI acompanhe o crescimento do negócio, garantindo dinamismo e flexibilidade.

5) Tecnologia Digital encarada como capacidade da empresa

Hoje é essencial ter uma capacidade digital que permeie toda a empresa. A TI deve entender todos os aspectos do negócio, assim como, a empresa deve compreender os aspectos relevantes da Tecnologia da Informação. Desta forma, com os recursos combinados e as capacidades equilibradas, a empresa caminha para atender seus objetivos.

A Transformação Digital é um processo pelo qual as empresas que buscam alcançar novos patamares de desempenho devem passar, a fim de obter vantagem competitiva e proporcionar novas experiências a seus clientes.